quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Feitiço

Há dias assim, em que vem de mansinho, sem se contar. Em que uma imagem ou uma palavra lembra subitamente algo que pertence ao outro lado do mundo. Há dias assim, em que o feitiço se mostra e ganha poder. Foi-me lançado não sei bem quando, nem onde, nem por quem ou o quê.


2 comentários:

Pintar a vida disse...

O teu "há dias assim" fez-me lembrar uma canção que reza assim "há amores assim que nunca têm início muito menos têm fim..."

Tu és um deles!És um dos mios amores! Chuuuuaaaccc...

Dani

Hugo disse...

O feitiço é obviamente relacionado à data... é de facto uma data mágica, que desperta e inspira sentimentos que nos surpreendem!!

Se bem que tenho a certeza que tens inspiração para fazeres actualizações/posts com mais frequência...

Mas piadas à parte, a questão é que foste contagiada, foste picada por um bichinho... o bichinho de África!!
E África é assim mesmo, ou se ama ou se odeia, há pouco espaço para sentimentos intermédios... e esse bichinho é assim, quando te entra no sangue, por mais envolvida na tua vida, seja lá onde for que estejas, volta de repente quando menos esperas e põe-te a viajar, a reviver, sem saberes qual o catalizador dessa reacção... ela só... acontece!!

Bjinhos e fica bem!!